Módulo de Lubrificação

Fruto do Desenvolvimento & Pesquisa internos, a Lankelma desenvolveu um módulo de lubrificação que se provou bem sucedido na redução do efeito de fricção entre as varas do CPT e o solo durante a execução de ensaios em materiais muito coesivos. O desenvolvimento e utilização deste módulo tem permitido à Lankelma atingir profundidades mais elevadas durante a execução dos ensaios, sem a necessidade da utilização de outras técnicas de perfuração necessariamente mais onerosas e demoradas.

A água sob pressão é bombeada através das varas e libertada numa saída localizada cerca de 0.50m atrás da ponteira e do colarinho de redução de fricção. A água, elevando-se pelo exterior do trem de varas à pressão hidrostática, forma uma camada lubrificante em torno das varas reduzindo assim o atrito entre estas e o solo. O módulo foi desenhado de forma a que a água bombeada seja distribuída por detrás do cone, não tendo por isso qualquer efeito sobre as medições registadas, garantindo a qualidade e consistência dos resultados.

A utilização do módulo de lubrificação permite que se atinjam profundidades mais elevadas, eliminando a probabilidade de negas antecipadas devido ao atrito lateral nomeadamente em argilas rijas; esta técnica já deu provas de sucesso em inúmeros ensaios realizados nas London Clays (argilas de Londres). Tipicamente nas argilas de Londres seria obtida nega no ensaio CPT por volta dos 18m-20m de profundidade com equipamentos de 18Ton; com a utilização do nosso módulo de lubrificação temos atingido profundidades da ordem dos 30m com equipamento de apenas 5Ton de força.